Eu quero cursar Engenharia Mecatrônica?

Talvez...

Depende dos seus interesses pessoais. O curso é multidisciplinar, portanto um egresso pode atuar em diversas áreas, lidando com transformações tecnológicas e a modernização da indústria. Além de controle e automação em diversas empresas, há egressos do curso da UnB atuando em desenvolvimento de software, telecomunicações, aeronáuticas e petrolíferas, hidrelétricas e universidades (entre muitas outras).

O curso não é fácil e envolve muitos assuntos diferentes. O ciclo básico (primeiros 4 semestres) é bastante puxado, envolvendo a fundamentação teórica necessária para a formação de um engenheiro. Alguns tópicos a serem vistos:

  • Cálculo: funções, limite, derivada/integral, sequências e séries, equações diferenciais, transformada de Laplace, vetores no plano e no espaço, fórmula de Taylor (entre outros).
  • Física: mecânica, gravitação, ondas, termodinâmica e eletromagnetismo (entre outros).
  • Computação: algoritmos, programação, estruturas de dados, complexidade, testes e depuração.

Pode ser difícil enxergar a ligação entre a teoria vista no início do curso com a prática profissional futura, mas acredite: ela existe e uma base de conhecimentos sólida é essencial para a formação de um bom profissional de engenharia.

O ciclo de formação profissional cobre aspectos da profissão ligados às habilitações específicas da engenharia, resultante do aprofundamento dos tópicos pertinentes. O aluno também pode direcionar seu aprendizado para suas áreas de interesse.  Alguns dos tópicos a serem :

  • Controle de Processos
  • Sistemas Industriais
  • Administração de Sistemas de Produção
  • Integração e Avaliação de Sistemas
  • Instrumentação
  • Informática Industrial
  • Matemática Discreta para Automação